domingo, 27 de dezembro de 2009

2010 by Marco Angeli

Essa musiquinha antiga me veio à cabeça por estes
dias, como deve ter vindo à de muita gente.
Mas essa letrinha, hoje talvez ingênua, acaba por nos
fazer pensar porque, afinal, nossas vidas mudaram tanto,
se complicaram tanto, porque o tempo nos foge das mãos,
cada vez mais raro, e nos faz simplesmente passar
por cima de tudo o que, na realidade -aquelas pequenas
coisinhas- nos trazem felicidade.
A simplicidade do tempo da musiquinha...onde foi parar?
Me pergunto...será que somos mais felizes, com toda essa
parafernália tecnológica e essa correria desenfreada atrás
de coisas que ás vezes nem ao menos sabemos o que são,
do que foram nossos avós, nossos país?
Será que somos pais melhores para nossos filhos do
que eles foram?
Será, enfim, que ao menos ainda conseguimos saber
o que, realmente, nos deixa felizes?
E que essa felicidade pode estar, e provávelmente está,
em coisinhas simples, como ter tempo para tocar ou olhar apenas
para algo que amamos, com ternura, com amor?
Ou ter dez minutos pra falar um monte de besteira para nossos
filhos, brincar com eles, ser novamente uma criança?
Não sei, não tenho essa resposta.
Mas penso. É o grande dom que todos temos.


Marco Angeli, dezembro de 2009

Um comentário:

  1. Oi, Marco!
    Um ótimo 2010 pra vc!
    Acabei de te linkar no De acordo com.
    Abs!

    ResponderExcluir